quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

México cria mercado que troca lixo reciclável por alimentos e flores

Uma ótima ideia para nossos governantes!

Projeto deve começar a funcionar em março na capital do país.
Objetivo é fomentar o reaproveitamento dos resíduos sólidos.


O governo da Cidade do México vai lançar em março o projeto de um mercado de troca de lixo reciclável por alimentos.
De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, resíduos como papel, vidro, latas de alumínio, garrafas PET e caixas de leite longa-vida poderão ser entregues em postos montados em diversas partes da cidade. O primeiro começará a funcionar no Parque Chapultepec.
Com limite de 10 kg por pessoa, cada pacote de matéria-prima entregue equivalerá a “pontos verdes”, que poderão ser utilizados na compra de frutas, legumes e até flores. De acordo com a secretária Martha Delgado, a primeira unidade fornecerá cinco toneladas de hortaliças plantadas em áreas de conservação, nos arredores da capital mexicana.
“Vamos fazer em uma pequena escala para ter a perspectiva de educação ambiental dos cidadãos, sobre como reaproveitar os resíduos sólidos”, disse. A previsão é que o mercado funcione todo primeiro domingo do mês até dezembro.
Dados oficiais do município é que diariamente 12 mil toneladas de lixo são geradas pela população. As autoridades planejam enviar os resíduos para cidades vizinhas, devido à sobrecarga dos aterros, e também instalar uma usina de biogás para reaproveitar as emissões provenientes desses locais – responsáveis por despejar metano e outros gases tóxicos na atmosfera.

Créditos: g1.globo.com

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Diário Oficial publica consolidação da Lei do Supersimples

Edição de terça-feira (31) traz mudanças feitas no texto legal desde a sua sanção original

Texto de Dilma Tavares
 
Brasília – A Lei Complementar 123/06 foi publicada no Diário Oficial da União de terça-feira (31), com todos os ajustes que recebeu desde que entrou em vigor, em dezembro de 2006. A norma institui o Estatuto Nacional da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, conhecido como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.
Entre as medidas da Lei 123 está a criação do Simples Nacional, ou Supersimples, que unifica a arrecadação de oito tributos. São seis da União - Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL), Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), e as contribuições para o Programa de Integração Social (PIS) e a parte patronal para o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) – além do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), arrecadado pelos estados e o Imposto sobre Circulação de Serviços (ISS) cobrado pelos municípios.

“A Lei Geral beneficia 98% das empresas do país, com desburocratização, redução de tributos e melhorias do ambiente de negócios para os pequenos empreendimentos, inclusive facilitando o acesso às compras governamentais e à justiça”, exemplifica a analista de Políticas Públicas do Sebrae, Helena Rego. Um dos itens previstos na Lei Geral é o tratamento privilegiado do segmento nos negócios com a União, Distrito Federal, estados e municípios.

Helena lembra que a lei já passou por quatro ajustes. O primeiro, por meio da Lei Complementar 127/07, que regula a inclusão de categorias no Simples Nacional. A segunda mudança foi feita pela Lei Complementar 128/08, que criou o Empreendedor Individual (EI) – figura jurídica que permite a formalização de empreendedores por conta própria com receita bruta anual de no máximo R$ 60 mil. Dos mais de 5,7 milhões de negócios que estão atualmente no Supersimples, cerca de 1,9 milhão são EI. A terceira mudança beneficia atividades da área cultural, como produções cinematográficas, audiovisuais e artísticas, e foi feita pela Lei complementar 133/09.
O ajuste mais recente foi feito pela Lei Complementar 139/11, com a ampliação do teto de receita bruta anual para entrada no Simples Nacional. O da microempresa passou de R$ 240 para R$ 360 mil e o da pequena subiu de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões. A Lei 139 também permite o parcelamento automático de débitos do Supersimples e cria um teto extra para as MPE do sistema que exportem até R$ 3,6 milhões. Amplia, ainda, o teto máximo da receita bruta anual do Empreendedor Individual, que passa de R$ 36 mil para R$ 60 mil.

Fonte: Sebrae

Serviço:
Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br
www.twitter.com/sebrae
www.facebook.com/sebrae

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

2012 Começou com TUDO!!!


Olá Pessoal,

Tempão né, estive sumido em virtude do fechamento do semestre passado e dos sagrados dias de férias (muito bem aproveitados ao lado da família lá em Imbé, rsrs).
Na verdade ja voltei a labuta desde o último dia 10, e nesses dias que antecipam minha efetiva volta pra sala de aula (to morrendo de saudades) estou preparando material para as aulas - slides, atividades, avaliações, estudos de caso - e lendo, lendo muito, pois o profissional do século XXI não pode se desatualizar.

No próximo dia 30 estaremos voltando com a turma de auxiliar administrativo para iniciarmos mais um ano vitorioso, e dia 06 uma nova turma de qualificação, fruto de uma parceria fantástica entre o SENAI e o Governo Federal, o PRONATEC, que vai dar uma oportunidade ímpar de profissionalização a 1 milhão de pessoas até 2014, show de bola nao é.

Já para o segundo semestre já estamos vivendo a expectativa no inicio do nosso curso técnico, que vai ser mais um passo importante para a nossa instituição e porque não para a comunidade de T.O.

Então para os que retornam na próxima segunda, antecipo as boas vindas, é muito bom tê-los de volta, e àqueles que infelizmente não irão continuar conosco, desejo muito sucesso e felicidade, tanto no âmbito profissional como pessoal, quero dizer que foi uma experiencia maravilhosa ter convivido com cada um de vocês.

A turma de Processos Administrativos do semestre passado também quero deixar aqui registrado a alegria que foi poder trabalhar com vocês, pra mim foi fantástico cada dia que estive dentro daquela sala (ou fora nos jardins né, rsrsrs), tenho certeza que vocês trilharão um caminho de muito sucesso, pois como disse pra vocês, só posso desejar a todos sorte, porque competência têm de sobra.

Ah, ainda estão me devendo a pizza hein, vamos marcar.
Abraços a todos, e antes tarde do que nunca, feliz 2012.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Senai Casa Aberta

Boa noite Galera 1000%,

Segue o link para a programação do Senai Casa Aberta.

http://www.senaicasaaberta.com.br/programacao/mg/centro-integrado-sesisenai-edson-goncalves-soares/

Abraçossss.

Olá galera 1000%

Voltando ao blog depois de um período de inatividade.

Ah, e do dia 17 a 21 de outubro tem Senai Casa Aberta, com uma série de atividades voltadas para comunidade de Teófilo Otoni.

Assim que tiver em mãos coloco a programação aqui.

Um grande abraço a todos.

PROGRAME SUA MENTE PARA TER SUCESSO


Ótimo texto de Roberto Shinyashiki

Todos nós temos programações mentais. Algumas vezes positivas e criativas, outras vezes paralisantes, bloqueadoras, negativas.
Essas programações nós adquirimos quando crianças e elas ficam se repetindo em nossa mente, muitas vezes dificultando o nosso sucesso.
Crescemos ouvindo as pessoas dizerem que as coisas são difíceis, que somente os desonestos têm sucesso, que quem nasce pobre não tem chance de ficar rico, etc. Essas frases vão produzindo reações negativas em nossa vida e nossos resultados acabam ficando muito menores do que o nosso potencial possibilita.
Ao cumprir uma programação mental negativa, acabamos lançando mão de várias estratégias:
A sabotagem: você tem que entregar uma proposta para concorrer a um negócio importante e simplesmente esquece a data final.
A trapaça: quando você faz algo que parece positivo, mas que leva à autossabotagem. Por exemplo, era o dia de finalizar a proposta de negócios com uma empresa e você resolve levar seu filho ao parque.
O escudo: aquela desculpa que você usa para não fazer o que tem que ser feito. Por exemplo, “Minha mãe esta muito doente e eu tenho que cuidar dela, por isso não consigo melhorar minha carreira.”
Com esse tipo de programação em nossa mente, mesmo que adotemos um monte de ações para progredir, mesmo que estudemos muito e tentemos nos aperfeiçoar, quando menos percebemos estamos adiando as coisas e sabotando nossos projetos.
O grande desafio é você abrir sua mente, entender o que houve no passado e jogar fora as suas programações paralisantes. E colocar a sua cabeça e o seu coração totalmente aberto para realizar o seu sucesso.
É preciso adotar atitudes que ajudem você a superar suas limitações e realizar todo o seu potencial de negócios.
Pense sobre isso!
Nos vemos no pódio!
Um grande abraço,
Roberto Shinyashiki
PS: Postado originalmente em exame.abril.com.br

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Temos vaga. Mas você tem experiência?

in

Não me arriscaria a dar conselhos, mas é inegável que, para quem não nasce em berço de ouro, como se diz por aí, o conhecimento é que assume esse valor e abre caminho

Por Guto Martins, www.administradores.com.br


"Você não sabe o quanto caminhei, pra chegar até aqui...", trecho da música A estrada, do Cidade Negra, faz-me lembrar os passos que dei para hoje ser um dos sócios da br4.cgn e o quanto evoluí para que isso acontecesse. Todas as experiências em empresas, as pessoas que conheci neste tempo e o conhecimento que trouxe de cada uma.
Não me arriscaria a dar conselhos, mas é inegável que, para quem não nasce em berço de ouro, como se diz por aí, o conhecimento é que assume esse valor e abre caminhos. Por isso, sempre pautei minha trajetória na busca por conhecimento e compartilho esse princípio com todos que me cercam.
Como músico também, nunca fujo à comparações da atuação profissional na área de comunicação. Um exemplo disso é um guitarrista que se dedica a vida toda para aprender todas as técnicas para, em uma única e breve apresentação, demonstrar tudo o que sabe com perfeição e conquistar o reconhecimento. É preciso preparo, coragem, ousadia para alcançar o sucesso.
Outro ponto fundamental, é que um profissional só é capaz de improvisar quando possui repertório suficiente para tanto. Só é possível saber quais as opções e decisões adequadas com segurança, quando se tem conhecimento para isso. Evitar a 'gambiarra', o 'jeitinho brasileiro' é fugir de riscos desnecessários, para os quais uma empresa séria não está disposta.
imagem: vizion-photography (iStockphoto)
desempregado
Hoje, mal se consegue profissionais capacitados tão somente para a vaga que se oferece 

Pode parecer que estou 'chovendo no molhado', também como dito por aí. Mas o fato é que temos nos deparado com uma realidade um tanto desfigurada do mundo ideal. Agências de comunicação têm demanda séria, enfrenta a competitividade feroz em um mercado que é mais disputado a cada dia. E essa realidade faz frente ao duro cenário de uma enxurrada de pequenos notáveis, ansiosos por seu lugar ao sol, e que chegam "prontos" para atropelar etapas importantes, porque se crêem aptos a romper quaisquer barreiras rumo ao sucesso, como é o caso da geração "Y".
Hoje, leva-se muito tempo para se encontrar bons profissionais. A busca por emprego traz para as agências profissionais pouco preparados, com baixa capacidade de integração para atuar em equipe e com expectativa de salário fora da realidade de mercado e de sua própria.
Até pouco tempo, podíamos contar com profissionais multitarefa, prontos para enfrentar crises e contribuir com o crescimento da equipe. Hoje, mal se consegue profissionais capacitados tão somente para a vaga que se oferece.
Se conhecimento bem aproveitado é vital, porque não o estão adquirindo? Atualmente, a internet está mais do que consolidada como fonte de informação, mas parece que a ideia de 144 caracteres é o suficiente para gerar conteúdo e, principalmente, opinião.
Apesar de anos de caminhada, até hoje participo de fórum de discussão, palestras, leio artigos, jornais, revistas especializadas, livros, recebo newsletter de assuntos relevantes, tenho sede de conhecimento. E essa geração? O que tem feito para ser melhor na sua área e fazer valer o salário que almeja?
É preciso ir além e as pessoas estão preguiçosas ou esperam que a informação chegue no celular retwittada ou em um aviso no seu mural.
Um antigo chefe me disse uma vez: aprenda uma coisa nova e seu dia estará ganho. É o que faço e sempre sugiro que outros façam. Conhecimento nunca é demais e faz diferença para você e em seu dia a dia.
E quem tem pressa para chegar ao topo, pode não parecer, mas com disposição e busca por conhecimento, novos aprendizados, essa caminhada torna-se mais responsável e tranqüila. Assim, você estará sim escalando para chegar onde deseja. E, ao menos aqui, seu espaço estará garantido.
Você não sabe o quanto caminhei. É provável que não saiba o quanto você caminhará, mas com certeza saberei, conversando com você, o quanto já caminhou.
PS: Recomendo muito o site www.administradores.com.br
Guto Martins - é diretor de Mídias Digitais e um dos sócios da br4.cgn, agência de comunicação e arquitetura de eventos.. 

domingo, 28 de agosto de 2011

Show de Bola, Dia V Fantástico

Olá Galera 1000%,

Passando para agradecer a presença e empenho de todos que puderam comparecer hoje la na nossa unidade para doar parte do seu domingo em prol de um mundo melhor.

Muito bom perceber a preocupação em fazer cada um a sua parte para que as coisas aconteçam de forma melhor.

Sem contar que foi muito divertido a nossa caminhada em busca dos recicláveis, dei ótimas risadas.

Mais uma vez muito obrigado a todos.

sábado, 27 de agosto de 2011

É Amanhã

Galera 1000,

Amanhã é o grande dia do Voluntariado do sistema Sesi/Senai, e estaremos a partir das 08:00 na sede da nossa unidade, la no bairro São Jacinto, para por em prática essa nobre atitude.

Contamos com a presença de todos: profissionais, alunos e comunidade para comparecer e prestigiar esse evento, além de promover ações de voluntariado na sua rua, bairro, escola, trabalho...

Um grande abraço e espero por vocês.